Em termos de segurança:

No Banco Alcalá somos conscientes da necessidade de garantir a circulação de informação entre o Banco e os seus clientes. Por isso, adotámos as máximas medidas de segurança para garantir a confidencialidade das comunicações entre o Banco e o cliente.

Tenha em conta que o Banco Alcalá nunca lhe pedirá, nem por correio eletrónico nem por telefone, as suas chaves de acesso. As suas chaves são secretas e só deverão ser conhecidas por si.

Em caso de receber uma mensagem neste sentido, pedimos-lhe que não facilite nenhum dado e se ponha imediatamente em contacto com o Banco Alcalá, ligando para o número .

Confidencialidade e integridade:

  • De todas as credenciais do utilizador:
    • Todas as chaves operacionais dos utilizadores são armazenadas cifradas irreversivelmente em sistemas especializados de gestão de utilizadores e identidades, de maneira que ninguém as possa descobrir.
    • Os procedimentos operacionais da banca eletrónica de Banco Alcalá não requerem que ninguém da entidade disponha das chaves operacionais dos seus clientes, pelo que nenhum empregado terá conhecimento das mesmas nem estas serão solicitadas ao cliente.
  • Das comunicações:
    • Os serviços de transações funcionam num servidor seguro que utiliza o protocolo SSL (Secure Socket Layer), que se ativa sempre que se entra no serviço. O servidor seguro estabelece uma ligação de maneira que a informação é transmitida cifrada através de algoritmos, que garantem que esta só é inteligível para o computador do cliente e para o servidor do Banco. Desta forma, ao utilizar-se o protocolo SSL garante-se que:
      • Que o cliente está a comunicar os seus dados ao centro servidor do Banco Alcalá e não a qualquer outro que esteja a fazer passar-se pelo mesmo.
      • Os dados intercambiados entre o cliente e o servidor do Banco Alcalá estão cifrados, evitando assim a sua possível leitura ou manipulação por parte de terceiros.
  • Da informação:
    • A informação armazenada nos sistemas e bases de dados internas está protegida por diversos sistemas de segurança, e só se permite o acesso a empregados autorizados.
    • Banco Alcalá dispõe de um sistema automatizado de gestão de privilégios de acesso à informação que garante o acesso controlado e restrito ao pessoal autorizado.

Rastreabilidade das transações: as transações realizadas ficam refletidas nos registos automatizados das operações. Estes registos recolhem a operação efetuada, a data e a hora da mesma e o utilizador que a executou, o que permite determinar a validade das operações registadas.

Informação da última ligação:

  • Quando o utilizador entrar pela primeira vez visualizará o ecrã de boas-vindas com explicações sobre a plataforma.
  • Nos acessos posteriores, a banca eletrónica mostrará ao utilizador a data e a hora da sua última ligação.

Encerramento automático da sessão: como medida de segurança adicional, ao fim de 6 minutos de inatividade na banca eletrónica, a sessão do utilizador é encerrada e este é desligado do sistema.

Antes de introduzir os seus dados, assegure-se sempre de que está numa página segura. Não se esqueça de seguir as normas de segurança que se seguem sempre que os seus dados pessoais lhe sejam pedidos através da Internet:

  1. Verifique se a ligação se está a realizar através de um servidor seguro comprovando alguns dos seguintes aspetos:
    • Verifique se a ligação se está a realizar através de um servidor seguro comprovando alguns dos seguintes aspetos:
    • Através do endereço do servidor (URL), dado que um servidor seguro começa por https e não por http, como é o caso um servidor não seguro.
  2. Verifique os certificados de segurança da página segura em que se encontre:
    • Para isso, clique na imagem do cadeado que aparece ao aceder a uma página segura, na parte superior esquerda, e certifique-se de que a data de validade e o domínio do certificado estão em vigor. Na informação detalhada aparece o emissor, o período de validade e para quem foi emitido o certificado.

Proteção das suas credenciais de utilizador:

  • As suas senhas de acesso e operações na banca eletrónica de Banco Alcalá são pessoais, intransmissíveis e secretas, pelo que o cliente deverá guardá-las de maneira segura. Estas senhas estão armazenadas nos sistemas de Banco Alcalá, cifradas com um algoritmo e não são do conhecimento de ninguém.
  • Não comunique a ninguém, em circunstância alguma, as suas chaves pessoais e nunca as introduza em páginas web que não façam parte do ambiente seguro do Banco Alcalá.
  • Escolha senhas difíceis de deduzir. Além disso, recomendamos modificar periodicamente a sua senha de acesso.
  • Desconfie das páginas que lhe peçam os seus dados pessoais, salvo se estiverem relacionadas com a prestação de um serviço solicitado por si.
  • Caso receba uma mensagem na qual lhe sejam pedidos as suas senhas de acesso, não facilite qualquer dado e entre imediatamente com contacto com o Serviço de Apoio ao Cliente do Banco Alcalá.

Segurança física dos centros de processamento de dados:

Os centros de processamento de dados do Banco Alcalá estão dotados de estritas medidas de segurança física para a proteção dos sistemas de processamento de dados. Entre outros, são de destacar os seguintes:

  • Centro de processamento de dados com controlo de acesso restrito.
  • Controlo individualizado de acessos ao recinto e às diversas salas técnicas, dotadas de sistemas de deteção de elementos perigosos.
  • Equipas humanas de vigilância física e videovigilância ininterrupta do perímetro e do interior das instalações.
  • Sistemas de deteção e proteção específicos em caso de intrusão, incêndio, inundação, corte de fornecimento de serviços básicos e outras situações catastróficas.

Além disso, ao dispor de dois centros de processamento de dados plenamente operacionais, o Banco Alcalá garante a salvaguarda e a recuperação da informação, caso seja necessário.

E, sobretudo, lembre-se:

O Banco Alcalá nunca lhe enviará por correio eletrónico um pedido de informação dos seus dados pessoais. Em caso de receber uma mensagem neste sentido, pedimos-lhe que não facilite nenhum dado e se ponha imediatamente em contacto com o Banco Alcalá.